posts recentes

Rir é o melhor remédio

Carnavalentim

Manual de instruções

Bolas...

Filandês... diga lá outra...

É mesmo à "tuga"

Finalmente o mês está a c...

Rir é o melhor remédio#2

Peixe da sorte(?)

"E hoje amor? Vens cá dor...

Lady Chatterley

Rir é o melhor remédio#1

arquivos

Fevereiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007


Terça-feira, 23 de Outubro de 2012

Rir é o melhor remédio

No outro dia, no seguimento de um zapping, parei por minutos para ver um daqueles programa/concurso que dá na RTP1 apresentado pelo Malato (não sei o nome). Ao último concorrente foi-lhe pedido para completar o ditado: "... leva-as o vento" com as palavras: folhas, palavras ou outra coisa qualquer. Ao que ele respondeu sem pensar: "folhas". Sim, podia ser. Mas o ditado diz, tal como o título deste blog: "Palavras leva-as o vento"

tags:

Escrito por zita às 12:00

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010

Carnavalentim

Este ano o dia dos Namorados e o Carnaval misturam-se. Não que eu ligue a algum destes dias. É-me indiferente. Mas os meu pais quando casaram, há mais de trinta anos, não sabiam que iriam ficar com o dia do casamento deles registado no calendário como o dia de S. Valentim. Mas até tem a sua piada! 

Em conversa no outro dia com a minha mãe ela dizia:

 

mãe: - Olha, este ano vou mascarar-me a namorada ahahahah.


eu: - Olha, podes misturar os dois dias e arranjar um disfarce engraçado. Por exemplo a coelhinha.

 

(coisas que uma filha atira assim para o ar, sem se quer imaginar que pegue)

 

Hoje a minha mãe liga-me de manhã, eu ainda ensonada e ela do outro lado do telemóvel diz:

 

mãe: - Bom dia filha. Estou aqui na loja e só encontro orelhas!

eu: - Hã. Não percebi.

mãe: - Só encontro as orelhas de coelhinha. Não consigo encontrar "ponpon"

 

E por esta é que eu não esperava!!!

Estou: perplexa
tags:

Escrito por zita às 15:39

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Manual de instruções

Felizmente nunca precisei, nem julgo vir a precisar, de um aparelho nos dentes. Fui, a feliz contemplada da família que, o único defeito que tem, capaz de prejudicar os respectivos dentes, foi ter começado a fumar aos 21 anos... de resto... são direitinhos.

Deixei a xuxa muito cedo e nunca achei piada ao dedo na boca (mentes perversas as vossas já a fazer piadinhas com este parágrafo).

Apesar de, cada vez se ver mais gente de aparelho nos dentes, eu tenho uma série de dúvidas que até me tiram o sono.

Aquela porra não doi? É uma questão de estética ou saúde? Os portadores desses aparelhos não se sentem uns ET's? O aparelho vem numa caixa com manual de instruções? É que se não vem, devia de vir. Isto tudo para dizer que fiquei chocada com o desabafo de uma amiga de uma amiga minha que, já usa aparelho há algum tempo mas que, ou não leu o manual de instruções ou o mesmo não contemplava o episódio pelo qual ela passou...

Ora imaginem que, aquela coisa cheia de ferros não pode ser segura... ora imaginem que um daqueles ferros, porventura, sai do sítio, fica torto... seja o que for... e que no meio de um belo momento de prazer (daqueles que os homens reviram os olhinhos) de repente... ups... um dos "ferrinhos" maravilha, que tem como função indireitar os dentes, fica preso no "dito". Isto é veridico... contado na primeira pessoa... não pelo lesado, como devem calcular.. mas pela responsável pelo ferida, pelo sangue, pelo trauma...

Este é daqueles que não vai querer tão cedo usufruir das delicias do sexo oral... ou pelo menos... com direito a aparelho!


Escrito por zita às 10:30

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Bolas...

... só agora me apercebi que não coloco os pés (?) neste blog desde o dia 1 de Agosto. É grave. É grave porque este blog tem como objectivo principal fazer-me rir, fazer rir, falar sobre coisas que  (me) fazem rir logo, só posso concluir (até pelos comentários de gentinha que gosta de opinar sobre as minhas "trombas") que não ando com o melhor dos humores. Talvez não ande atenta, disponível, talvez ande mais concentrada em merdas que não têm piadinha nenhuma. Prometo que vou reflectir sobre o assunto!

Estou: distante

Escrito por zita às 18:20

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

Filandês... diga lá outra vez!

Achamos sempre que a nossa vida não tem nada de emocionante e às vezes até desejamos que ela fosse um pouco como aquelas novelas brasileiras em que tudo acontece! Irmãs gémeas, amantes que são irmãos (essa dispenso.... obrigado), a pobrezinha que casa com o ricaço que é bom todos os dias... nestas novelas há de tudo, para todos os gostos:)

Pois bem, até há 5 anos atrás tinha dois tios e 4 primos da parte do meu pai... até que alguém descobriu que, o meu avô (que já não está cá para se defender) antes de casar com a minha avó estava de tal forma apaixonado, por uma mulher que não a minha avó, que "pimba"... FEZ-LHE UM FILHO (adoro esta frase)

Que excitação, afinal tenho mais um tio, que teve 4 filhos.

Já não tenho só 4 primos... tenho OITO!

QUE NÃO FALAM "PUTO DE PORTUGUÊS".

QUE VIVEM NA FILANDIA... em vez de no Hawai (não troco praia e sol por nada)

E o jantar de primos ontem foi assim: eu a não apanhar nada do que eles falavam, eles a não apanharem nada do que nós diziamos... o que vale é que somos tão palhacinhos quando estamos todos junto que, pelo menos, piada acharam às nossas figurinhas.


Escrito por zita às 10:37

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 10 de Julho de 2007

É mesmo à "tuga"

No guichet do Apoio ao Cliente da CP na fila para solicitar um justificativo de atraso do comboio, uma senhora pergunta:

 

"- Mas não foi ninguém que morreu pois não? Ah... assim fico mais descansada."

 

(Descansada? Estavas louca por uma histórinha macabra para contar lá em casa e no trabalho.)

Estou: perplexa

Escrito por zita às 11:02

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Finalmente o mês está a chegar ao fim!

 

 

 

 

 

 

Não acredito afincadamente na astrologia (apesar de algumas pessoas pensarem que sim) mas acho piada à explicação sobre os astros e as suas influências nas pessoas e, às coincidencias...

A Maiazinha disse, logo no início do mês de Junho, que este seria um mês que, “sentimentalmente,  nem tudo correria de feição, que iriam surgir factores de instabilidade e vários conflitos inesperados” - pois imaginem o que é viver na mesma casa com a pessoa de quem nos vamos separar e com quem vivemos 5 anos. Dormir na mesma casa mas em camas diferentes e nem sempre saber como comunicar....

No campo profissional, a Maia avisou: “a conjuntura este mês é muito instável e delicada” – calculem vocês que eu, que não suporto falhar, no meu local trabalho todos os dias fiz “burrada da grossa”. Um exemplo? Um médico quase se despediu por minha causa... irra.

“Os rendimentos económicos estarão estáveis permitindo que viva o mês com alguma tranquilidade mas não espere mundos e fundos” –  grande novidade que me deste Maizinha... se me dissesses que ia ganhar o Euromilhões é que era.

“Na saúde se puder aumente o contacto com a natureza preferindo sobretudo espaços verdes e zonas de fraca poluição” – mas ainda existem dessas zonas? Deveria ter solicitado umas férias no meio da natureza, alegando aos chefes que: “a Maia sugeriu”
“Ligações mais protegidas com: Gémeos, Balança e Aquário” – deveria ter tido isso em conta e ter andado pela rua a perguntar: - É Gémeos? É balança? É aquário?


Escrito por zita às 15:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Rir é o melhor remédio#2

Eu e o meu mano, no sábado passado, a caminho da casa de um amigo em Palmela que nos esperava para o almoço / churrasco:

 

Eu:

- Mas sabes o caminho para casa do Bruno?

 

Mano:

- Acho que sim... estive lá no ano passado.

 

Eu:

- No ano passado? Então tu nem te lembras do que comeste ontem? E julgas que já me esqueci daquela viagem a Porto Covo? Andámos feitos parvos à procura de uma placa que insististe que existia e nada... quase não nos deixavam entrar no Parque de Campismo devido às lindas horas a que chegámos...

 

Mano:

- A placa existe... nós fizemos foi o caminho errado...

 

Eu:

- Ok...

 

(passados alguns minutos...)

 

Mano:

- Estou a conhecer esta estrada.... agora ali à frente há uma estrada de terra batida...

 

(eu a ver uma série de estradas de terra batida e a ver que ia lanchar sardinhas)

 

Resumo da história (porque não me quero alongar nem transformar isso num livro), perdemo-nos e tivemos que fazer o caminho todo com o Bruno em alta voz no telemóvel (tipo GPS) a dizer “agora vais encontrar uma estrada assim do teu lado direito... depois do café viras à esquerda...”

Sim... lanchámos sardinhas


Escrito por zita às 13:07

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Peixe da sorte(?)

Há 5 anos que tenho na minha casa um aquário daqueles grandes com imensos peixes de água quente... não, não são meus... nunca tive peixes em casa dos meus pais e sempre ouvi dizer que atraiam inveja.

Mas o amor tem destas coisas... aceitei o aquário lá em casa como tantas outras coisas e...

- as pessoas que lá vão a casa acham lindo (podera... não são elas que limpam aquela merda nem que tiveram de mudar de casa 4 vezes com um aquário atrás que pesa quase tanto como um frigorífico);

- quando não se tem nada para fazer fica-se a olhar para os peixes e a fazer-se histórinhas (“olha... aquele anda atrás do grande... deve querer alguma coisa”);

- é sempre um objecto de decoração magnifico (quando limpo e tratado);

-  não temos que levar os animais à rua para fazerem as suas necessidade.

Confesso... também não sou eu que limpo o aquário (amor amor... peixes à parte) e como me sentia tão à margem por não ter algo que podesse dizer: “é meu, é só meu, é todo meu”, resolvi comprar um peixinho de água fria.

Fui à loja de animais e escolhi um peixe vermelho simples.

Qual não é o meu espanto, quando vejo dentro saco dois peixes... o vermelho que havia escolhido e... um preto. Pego no saco, olho lá para dentro e digo: “Deve ter percebido mal... eu só vou levar um... estão aqui dois peixes.”

A senhora da loja explicou que, oferecer um peixe preto dava sorte a quem o compra e eu fui na conversa... trouxe dois peixes pelo preço de um.

Fiquei a pensar: “será verdade isto da sorte?”

Burra... sou mesmo burra...

Não sou “expert” de peixes mas já devia saber (pelos anos de convivencia com o dono do GRANDE AQUÁRIO) que isto dos peixes é realmente uma sorte quando não morrem e duram alguns meses... e sorte grande, é quando duram anos!

Há uma semana, cheguei a casa e vi qualquer coisa preta a flutuar no meu pequenino aquário.

Tentei chamar o “expert” em peixes, em mortes de peixes, aquários e redes e ele mandou-me para o car**** e disse: “É teu, é só teu e todo teu... até ao fim!”

Pensei: “Bolas... como tirar esta coisa dura, preta, que em tempos foi a minha sorte, deste aquário? E onde vou deitar a minha sorte ou falta de sorte? Na retrete? No caixote do lixo?”

Resumindo... fui obrigada a pegar numa daquelas redinhas, tirar o peixe duro do aquário e deitá-lo na retrete (sempre fico na ilusão que irá parar ao mar) e durante essse processo todo berrei como se tivesse uma aranha felpuda a subir-me pelo corpo todo, enquanto o dono do AQUÁRIO GRANDE ria ás gargalhadas da minha figura.

Sorte o tanas...

E se realmente dava sorte... deixou de dar!

Estou: com azar

Escrito por zita às 17:59

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

"E hoje amor? Vens cá dormir?"

Sendo eu do sexo feminino e tendo eu recebido um sms com o texto acima mencionado concluiriamos que foi alguém do sexo oposto que ma enviou... pois bem, enganam-se redondamente e, para os que já estão a ficar excitados a imaginar duas mulheres com 28 e 30 anos na mesma cama em badalhuquices, podem acabar de ler o post mesmo aqui.

Quando era  mais nova tinha uma melhor amiga com a qual dormia todos os fins-de-semana.

Ficávamos horas a falar dos tipos de quem gostávamos e a fazer planos para o futuro... depois... passei a dormir com os meus namorados às escondidas... mais tarde saí de casa e passei a dormir durante 5 anos com o meu último namorado... há mais de um mês que durmo no escritório numa cama de corpo e meio e, de vez em quando, durmo em casa de uma amiga... sim, a famosa amiga que me enviou o sms.

Pergunto eu:

- Somos mesmo animais de hábitos que, tão facilmente nos habituamos a dormir sózinhos como a dormir acompanhados?

- Estarei a ser ingénua e a minha amiga quer mesmo...

- Estarei a ser perversa e ela apenas gosta da minha companhia mesmo em pleno Verão em que não é necessário nada nem ninguém para nos aquecer os pés...

Enfim... o melhor é arranjar rapidamente um refúgio!

Ah... se entretanto acontecer algo com a minha amiga... esqueçam... nunca irei relatar no blog:)

 

 

 


Escrito por zita às 13:25

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Lady Chatterley

Quando os teus colegas de trabalho te convidarem para ir ao cinema, certifica-te que o filme que te propuseram a ver está mesmo em exibição. Caso contrário, corres o sério risco de constactar 15 minutos antes, que o filme já não está em exibição e sujeitares-te a ver um outro filme que vá passar naquele mesmo horário.

Pois que, depois de alguns anos de experiência de vida, todos deveriamos ter desconfiado e pensado que filme francês, com o nome de Lady Chatterley, às 21.45  a uma quinta-feira não seria uma boa aposta...

A vida daquela Lady, era tão enfadonha que a senhora teve que arranjar algo para se entreter no meio de tanto verde dos bosques e, vá de se encontrar na cabana com o subordinado com os pretextos mais básicos.

A verdade é que, como tanta coisa na vida, era óbvio o que se iria suceder, e foi aí que me arrependi de ter bebido um café antes de entrar naquela sala de cinema, e foi aí que o climax (no verdadeiro sentido da palavra) do filme começara e eu nem queria acreditar que aquilo era o melhor do filme. Esperem, o melhor do filme se calhar fui eu que não fui capaz de ver: as paisagens, as florinhas, as chuva nas folhinhas, a neve, os passarinhos... e de vez em quando a "beleza dos corpos nús"(?).

Não podemos deixar de frisar o à vontade da Lady para, depois de uma tarde na cabana, voltar para casa e servir serenamente o cházinho ao seu esposo que beijava na face.

Só faltava, como banda sonora, a célebre música do Marco paulo: "Uma Lady na mesa... uma louca na cama".

E ao fim de DUAS HORAS E MEIA de filme, uma pessoa volta para casa e não tem ninguém para dizer:

"- Vien ici... je t'aime!" 

 

Estou: enganada

Escrito por zita às 10:51

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Rir é o melhor remédio#1

Porque o profissionalismos tem destas coisas... nem sempre podemos dizer o que pensamos e aturamos cada uma....

Hoje foi assim... atendi uma utente que me disse:

  

- Boa tarde. Eu precisava de falar com um médico por favor. Isto é uma pergunta parva mas... Sabe... já tomo a pílula há muitos anos mas ontem por engano tomei duas... estou preocupada... acha que faz mal?

 

Que risota interior... e uma vontade de lhe dizer:

 

- Ó minha senhora... eu já fiz isso mais que uma vez e nunca me aconteceu nada!

 

 

Estou: espantada

Escrito por zita às 13:35

link do post | comentar | favorito
|

Fevereiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


tags

todas as tags