posts recentes

Ser mãe é maravilhoso

Pessimismo

Dia-a-dia

arquivos

Fevereiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007


Domingo, 6 de Maio de 2012

Ser mãe é maravilhoso

 

 

É doer-nos a alma quando choram. É doer-nos o corpo quando estão doentes. É rir das gracinhas. É sentir orgulho a cada conquista deles. É ficar feliz só porque sim. É querer ser melhor. É querer que ele seja melhor. É aprender a ser paciente. É respeitar as nossas diferenças. É abdicar do que não é importante em prol dele. É não deixar que lhe falte o mais importante. É ficar a olhar para ele enquanto dorme porque é uma delícia. É gostar de beijos com bába. É deixar de ter tempo para tudo o que tinhamos. É deixar de fazer tanta coisa que faziamos mas sem qualquer sacrifico. É descobrir que afinal existe um "para sempre". É amar sem limites.

Estou: mãe

Escrito por zita às 11:28

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Pessimismo

Filho da p*** que às vezes se me agarra que nem lapa e não me deixa caminhar; que se disfarça em ansiedade e me tira o sono; ladrão que me rouba a vontade de estar com os amigos; inútil que só serve para atrapalhar, inoportuno que só chega na hora errada; covarde porque aparece quando estamos mais frágeis; ladrão que nos rouba a capacidade para sonhar; manipulador porque faz-nos mesmo acreditar no pior; mentiroso porque só diz que aquilo que não é nem pode ser verdade; ...

Estou: frágil

Escrito por zita às 20:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Dia-a-dia

Há dias assim...de dor enexplicável... em que a tristeza não tem fim... sem soluções para os problemas... sem respostas às inquietações...

Outros... de gargalhadas com os colegas... repletos de gestos simples e belos... cheios de mãos abertas para mim... eu aberta para o mundo...

Há noites assim... de solidão e silêncio... com livros que leio sem ler... ao som de músicas que me doiem... na companhia do fumo de um cigarro...

Outras... de paixão acesa... olhares e desejo... à luz das velas... com sabor a vinho tinto...

 

Há dias assim...

Há noites assim...

E eu não sei como vai ser amanhã...

 

Estou: viva

Escrito por zita às 17:32

link do post | comentar | favorito
|

Fevereiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


tags

todas as tags