posts recentes

...

21 anos de nós 2... 4 ano...

Os homens deviam nascer m...

Vai correr tudo bem

Eu sei que não tem sido f...

O meu primeiro dia de esc...

Aqui vamos nós

A magia da arte

A caminho

Mães quase perfeitas

Laçada#1

Dizem que os opostos se a...

Simplicidade

Há muito tempo...

Limites

Há dias assim...

A Vida de Adèle

Objectivos#6

Aprender a amar(-me)

Objectivo#5

arquivos

Fevereiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Álbum da "titia" zita

São as amigas chegadas, as amigas afastadas (em kilómetros), as amigas das amigas, as colegas e ex-colegas de trabalho, as mulheres da família... é bébés a nascerem como coentros em qualquer bocado de terra. Já dá para fazer um álbum de fotografias só de "sobrinhos" e "sobrinhas"!!! E eu que sempre detestei a expressão "ficar para tia"... 


Escrito por zita às 14:00

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

Contra(dições)

ANDO SEM palavras... e  na minha cabeça passeiam-se 100 PALAVRAS em segundos emaranhadas!!!


Escrito por zita às 19:45

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

Foto(mania)#3

 


Escrito por zita às 14:04

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Foto(mania)#2

 


Escrito por zita às 13:10

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Escrever é f*****

Infelizmente ou felizmente (umas vezes felizmente outras nem por isso)... sempre me foi mais fácil exprimir pela escrita do que verbalmente. Não sei bem porquê e não é relevante descobrir a razão... (julgo eu). Já perdi grandes oportunidades de amor porque não cheguei perto daquela pessoa e disse "amo-te", "quero-te", "fica comigo"; já perdi grandes oportunidades de mandar à merda gente que não valia nem a saliva gasta numa frase tão pequena como "vai à merda". Já engoli sapos maiores que os meu míseros metro e sessenta só porque sim. E de todas as vezes que tentei chegar a alguém pela escrita... não vale a pena... cada coisa que se escreve pode ter mil interpretações para quem lê. É f***** esta coisa das palavras que ao invés de aproximar afasta, que ao invés de nos dar a conhecer deturpa-nos, que ao invés de fazer rir é sarcástica... Conclusão, quem lê este blog e não me conhece... está muuuuuuuito longe de quem eu sou!!!


Escrito por zita às 20:14

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Foto(mania)#1

 

 

 

 

 

 


Escrito por zita às 19:52

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

O lado bom...

... nem sempre se vê, nem sempre se quer ver, quase nunca se percebe à primeira, nem á segunda, nem num dia, nem num mês... O lado bom precisa de tempo, de espaço, de coração aberto, de perdão, de estrada para surgir. O lado bom da vida pode ser qualquer coisa, por mais pequena que seja. O lado bom é conseguir sorrir depois das lágrimas; é voltar a amar quando se acha que se vai ficar só para a vida toda; é fazer um amigo quando já se perderam tantos; é fazer alguém feliz quando achamos que já não temos mais nada para dar; receber um telefonema ou um e-mail de alguém que já não temos notícias faz tempo... O lado bom... nem sempre se vê, nem sempre se quer ver, quase nunca se percebe à primeira, nem á segunda, nem num dia, nem num mês... mas ele existe!!!


Escrito por zita às 20:41

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

Sintra

Jamais haverão, em qualquer outro lugar, manhãs iguais aquelas... nem fins-de-tarde... nem noites... em que o silêncio é mais forte que a própria alma, em que os pensamentos se ouvem, em que o sítio deixa de ter nome e passar a ser o nosso lugar. 

É a minha paixão secreta! Antes, durante cinco anos  e para sempre... porque ontem passei por lá depois de não a ver já vão para lá de dois anos e tal e... encontrei a mesma Sintra. De nevoeiro cerrado e de turistas a passearem-se, de cheiro a serra e mar e travesseiros. De poetas e de pintores. Onde tudo permance vivo tal qual raizes de árvores centenárias. Tão vivo que se sente, tão vivo que se ouve, tão vivo que se cheira, tão vivo que faz sorrir, tão vivo que faz chorar.

Jamais haverão, em qualquer outro lugar, manhãs iguais aquelas... nem fins-de-tarde... nem noites...


Escrito por zita às 10:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Fevereiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


tags

todas as tags